Stalactites

Alison Piper

2015 | Reino Unido da Grã-Bretanha e Irlanda do Norte | FICÇÃO | 8 '

A doença afeta mais do que apenas o corpo. Em Stalactites, a escritora/realizadora Alison Piper desafia os limites da empatia no seu olhar diferenciado da condição humana. O filme é um vislumbre terno de um casamento desmoronando sob o peso de uma doença terminal. Alan é um homem incapaz de comunicar com sua esposa doente, enquanto luta para conciliar o declínio da sua atração sexual por ela. É um personagem profundamente defeituoso mas com que nos identificamos facilmente, apanhado numa situação moralmente ambígua onde o público é confrontado com a pergunta: "O que você faria?". Stalactites é um filme sobre a supressão e surgiu pelo interesse em como a doença pode afetar a sexualidade nos relacionamentos. Este pequeno filme explora a supressão como uma faceta da perda, e cria um diálogo em grande parte subtextual entre marido e esposa que sussurra e grita enquanto eles se esforçam para comunicar. As experiências de cinema com a dialética de som/imagem - grande parte do som foi gravado antes das imagens, permitindo que a câmara responda ao que os artistas criaram sonoramente em cada espaço. Deste modo, a história emerge no fosso entre som e imagem. Esta forma convida a uma compreensão paralela de como a comunicação entre Alan e Linda ocorre nas palavras que retêm; a sua relação revela-se-nos através das emoções e pensamentos que eles ocultam do outro.

biografia

ALISON PIPER (1988, Escócia) é realizadora e artista de vídeo baseada em Glasgow. Desde que se formou pela Northern Film School em 2009 tem prosseguido uma carreira de sucesso como assistente de direção; seus créditos incluem o Filme BBC What We Did On Our Holiday, Rillington Place e Trainspotting 2. Atualmente trabalha como Crowd Coordinator no drama de TV Outlander dos EUA, onde pode ser encontrada principalmente a guiar figurantes em trajes de época para carruagens. Nos últimos anos, desenvolveu uma prática de cinema artístico - a sua instalação de vídeo A Lower Volume com a artista Rachel McBrinn foi exibida como Art Prize 2015 da Aesthetica. Stalactites estreou no 9º Glasgow Short Film Festival e é o seu primeiro filme narrativo; está atualmente a desenvolver novas obras inspiradas pela história da imigração de Glasgow.

voltar