The Houses We Were

Arianna Lodeserto

2018 | Itália | EXP | 18 '

Poucas paredes nos rodeiam. Terreno incerto, fissuras incomensuráveis. Uma infinidade de arquivos dentro de nós. Entre imperadores e insolentes, moradores de zonas pobres e especuladores, comunistas, padres e papas, mulheres em guerra e cidades cinzentas e cruéis marcharão num protesto arquivista, polifónico e emaranhado nos braços da caridosa IACP, ou na sua ausência transbordante.

ver trailer
biografia

Formada em Estética, obteve um doutoramento internacional na Sorbonne com a tese "A imagem e o arquivo. Arqueologia do presente em Walter Benjamin e Michel Foucault" e fiz pesquisas de pós-doutoramento em Teoria da Imagem e Arqueologia de Media em Paris IV (La Sorbonne), ENSA Malaquais e LIRA (Sorbonne Nouvelle). Estudou fotografia analógica numa escola pública de Roma, editando em Suger lycée des Métiers de l'Image et du Son e escrita documental na ENS Louis-Lumière (Cité du Cinéma, Paris) e recentemente trabalhou como montadora de documentários no YouDoc (Roma). Muitas vezes explorando diferentes medias, é apaixonada pela terceira paisagem, "found footage" e documentários experimentais. A minha primeira curta-metragem, Thirty-seven movies for a home (V chapter of Towards a Counter History of Italian Cinema), foi apresentada no Festival de Cinema de Locarno, 70ª Edição (Film Criticism in Motion), no Festival de Cinema de Milão e Museo Nazionale del Cinema, exibido na NYU- Tisch School of the Arts e na Universidade de Parma, indicado ao prémio de Melhor Documentário no Festival Internacional de Cinema Cinalfama de Lisboa e selecionado no Proxy Act Festival em Berlim. Nascida no sudeste da Itália, cresceu em Roma, onde atualmente mora depois de anos vagueando.

voltar